Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Quinta, 01 Março 2018 18:33

Protesto bloqueia acesso a cavernas no Vale do Ribeira

Manifestantes queriam chamar atenção para as condições precárias da rodovia Antônio Honório da Silva (SP-165)
Moradores usaram troncos de árvores e pedras e se revezaram para bloquear a rodovia de acesso às cavernas do Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira, que recebe 3 mil turistas por mês em Iporanga Moradores usaram troncos de árvores e pedras e se revezaram para bloquear a rodovia de acesso às cavernas do Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira, que recebe 3 mil turistas por mês em Iporanga Divulgação/Salatiel Alves de Almeida
Por Estadão Conteúdo

Um protesto de usuários contra as condições precárias da estrada interditou, na terça-feira, a rodovia Antônio Honório da Silva (SP-165), único acesso ao núcleo de cavernas do Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (Petar), em Iporanga, no Vale do Ribeira.

A pista de terra foi fechada com pedras e troncos de árvores. Os moradores do bairro da Serra se revezavam no local para evitar que a passagem fosse reaberta. Eles portavam cartazes com os dizeres “41 km de estrada intrafegável” e ainda “tapa-buracos não, queremos pavimentação”. O parque recebe 3 mil turistas por mês, segundo a Secretaria de Estado do Meio Ambiente. No Carnaval, os visitantes chegaram a 20 mil.

De acordo com o empresário Salatiel Alves de Almeida, dono de uma pousada na região, muitos visitantes são turistas estrangeiros, que se assustam com a precariedade do acesso. “Todo dia tem carro quebrado por contato com os buracos e as pedras na estrada. Os turistas se aborrecem com isso e não voltam mais.” O ecoturismo é a base da economia de Iporanga. Só no Bairro da Serra são cerca de 40 estabelecimentos, entre pousadas, hotéis e campings. O Petar tem 250 cavernas cadastradas, embora poucas sejam abertas à visitação – a mais conhecida é a Caverna de Santana. A estrada dá acesso também à Caverna do Diabo, na mesma região.

Conforme Salatiel, o governo tem alegado dificuldade para pavimentar a estrada, por transpor a unidade de conservação. Ele lembra que há um precedente, pois o Estado pavimentou com blocos a rodovia Nequinho Fogaça (SP-139), cortando o Parque Estadual Carlos Botelho. O ex-prefeito de Apiaí, Nilton Passoca Toledo Silva, lembra que o governo anunciou a pavimentação da estrada em 2003, mas o recurso foi usado na modernização do aeroporto de Registro. “No ano seguinte, a estrada de Apiaí a Iporanga foi apenas perenizada com cascalho”, recorda.

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) informou que suas equipes de conservação e manutenção devem iniciar os serviços de perenização da SP-165 ainda nesta terça-feira (27), o que permitirá restabelecer o tráfego na rodovia. O DER informa também que desenvolve estudos para a pavimentação da via em 14,1 quilômetros de extensão.

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado