Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
Terça, 19 Setembro 2017 16:30

À beira da falência, produtores de leite querem ajuda do Governo Federal

Definitivamente, o Uruguai tem se mostrado mais eficiente que o Brasil na produção de leite, tanto é que o país vizinho tem inundado o mercado brasileiro com leite em pó mais barato que o produzido aqui. E o setor considerado ‘patinho feio’ da pecuária tupiniquim resolveu buscar abrigo sob o guarda-chuvas do Governo Federal.

Sacudidos pelos preços aviltantes pagos pelos laticínios brasileiros e pela perda de importantes fatias do mercado interno a cada dia que passa, representantes do setor estiveram com representantes do governo Temer, especialmente com o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, na terça-feira. O grupo foi pedir que o Governo Federal adquira, em caráter emergencial, 50 mil toneladas de leite em pó e 400 milhões de litros de leite longa vida.

O objetivo é enxugar os estoques, em alta mesmo na entressafra devido à redução no consumo das famílias com o desemprego elevado. Mesmo acompanhados por representantes da bancada ruralista no Congresso Nacional, os leiteiros saíram desanimados com a confirmação de que não há dinheiro nos cofres públicos para comprar o leite e distribuí-lo às escolas e às populações em situação de déficit alimentar.
Em tempo: na porteira da fazenda, os laticínios pagam ao produtor pelo litro de leite o mesmo que custa uma dose de pinga barata em qualquer venda do interior do Brasil.

Clássico sul-americano...
A valorização de 7,1% do real frente ao dólar em 2017 está diminuindo a competitividade do café brasileiro e abrindo as portas do mercado internacional para o grão da Colômbia, segundo maior produtor de café arábica do Planeta. A constatação é da Organização Internacional do Café.

...tem Brasil em desvantagem
Os embarques de café da Colômbia na safra encerrada em julho de 2017 tiveram um aumento de 11,6% na comparação com a temporada anterior. Enquanto isso, as exportações brasileiras de café neste ano bateram no fundo do poço, chegando a cair ao menor nível desde 2004. Detalhe: o peso colombiano manteve-se estável em relação ao dólar neste ano.

Aproveite a manga barata...
As cotações da manga continuam em queda em todas as praças do País que ofertam a fruta neste período. Só no início de setembro, os preços de venda já recuaram 12% para a palmer e 3% para a tommy, segundo o Cepea/USP.

...enquanto americanos não chegam
Essa desvalorização deve continuar até o final do mês, quando os importadores norte-americanos voltam a comprar em maior volume as mangas colhidas no Vale do Rio São Francisco, na divisa da Bahia com Pernambuco, após o fim da safra mexicana.

Estudo científico aponta...
Um novo estudo científico conduzido pelo professor Ian Gledeall na Universidade de Tohoku, no Japão, concluiu que o polvo corre risco de extinção devido à sobrepesca.

...novas espécies de polvo no Atlântico,...
O motivo para a preocupação é o fato de a nomenclatura científica ‘Octopus vulgaris’ englobar diversas espécies com características semelhantes, mas diferentes quando analisadas sob a ótica da genética molecular.

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação
Comercial

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Diretor de Projetos Especiais
Marcelo Barros