Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
Sexta, 06 Outubro 2017 15:24

Parlamento da Catalunha se reúne 2ª feira para discutir independência

O presidente regional da Catalunha, Carles Puigdemont, no entanto, pediu para falar ao Parlamento catalão na terça-feira
Carles Puigdemont deve apresentar os resultados do plebiscito do último domingo Carles Puigdemont deve apresentar os resultados do plebiscito do último domingo Reprodução
Por Estadão Conteúdo

O Parlamento da Catalunha planeja se reunir nesta segunda-feira para avaliar se declara a independência, em desafio a uma ordem do Tribunal Constitucional da Espanha. Uma porta-voz do governo catalão afirmou que o Legislativo regional, controlado por partidos favoráveis à secessão, se reunirá na manhã da segunda-feira, mesmo após a decisão da quinta-feira do principal tribunal do país para que a sessão planejada seja suspensa.

O presidente regional da Catalunha, Carles Puigdemont, deve apresentar os resultados do plebiscito do último domingo, no qual, segundo autoridades locais, uma grande maioria dos eleitores apoiou a separação. As autoridades catalãs afirmaram que cerca de 90% dos que votaram no domingo foram favoráveis ao divórcio, embora o processo tenha sido alvo de acusações de irregularidades e não tivesse o aval oficial da Espanha. Muitos catalães contrários à independência boicotaram o processo, considerando-o ilegítimo.

Não está claro, porém, se os parlamentares catalães declararão a independência de maneira unilateral nesta segunda-feira ou se tentarão abrir as portas para negociações com o governo da Espanha sobre um caminho para a independência. Outra opção seria convocar novas eleições para o Parlamento catalão, o que segundo alguns legisladores separatistas poderia elevar a presença desse grupo no Parlamento e reforçar a posição para anunciar uma secessão unilateral ou negociar a divisão com Madri.

Líder da Catalunha pediu para falar ao Parlamento regional na 3ª feira

O presidente regional da Catalunha, Carles Puigdemont, pediu para falar ao Parlamento catalão na terça-feira, em uma sessão que poderia considerar uma declaração de independência da Espanha. Um porta-voz de Puigdemont afirmou que ele pediu para comparecer ante os legisladores para informar "sobre a atual situação política".

O Parlamento catalão decidiu realizar uma sessão na segunda-feira, mas não está claro se os legisladores considerarão uma declaração de independência. A decisão do Legislativo regional de se reunir na segunda-feira desafia uma decisão da Corte Constitucional da Espanha, que determinou que essa sessão fosse adiada.

 

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação
Comercial

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Diretor de Projetos Especiais
Marcelo Barros