Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
Terça, 12 Janeiro 2016 13:29

A vasectomia é a opção mais segura para o planejamento familiar

A vasectomia não torna o homem impotente A vasectomia não torna o homem impotente (Foto: Divulgação)

A vasectomia é uma cirurgia que leva a uma condição permanente no homem de não poder ter filhos. Utilizada como planejamento familiar por indivíduos que tomam a decisão de não ter mais filhos e não pretendem correr o risco de engravidar a sua parceira

A vasectomia é uma cirurgia simples com anestesia local realizada por um cirurgião especialista (urologista). Este tipo de procedimento consiste na interrupção do canal deferente, impedindo assim a eliminação dos espermatozoides. Estes são transportados pela uretra para fora do pênis no esperma, que é composto aproximadamente de 98% de líquido seminal e o restante do volume de espermatozoides (aproximadamente 2%).

O homem pode decidir fazer uma vasectomia por vários motivos, porém o principal é a decisão e certeza de que não desejará ter mais filhos. A indicação segundo legislação brasileira é que o paciente tenha no mínimo 25 anos de idade ou, pelo menos, com dois filhos vivos. Já a maioria dos questionamentos médicos antes de realizar uma cirurgia de vasectomia está baseada na estabilidade conjugal e número de filhos. Homens divorciados no geral devem refletir no caso de terem uma nova parceira e se a mesma deseja ainda ter um filho. Também se levanta a hipótese de passar por uma fatalidade com perda de um filho quando não se tem ao menos dois filhos. Porém, nos dias de hoje e diante as dificuldades de se educar uma criança, para muitas pessoas ter mais que um filho não é viável, e não será um médico ou psicólogo que lhe ajudará a fazer essa análise, e sim o dia a dia que somente cada indivíduo conhece. 

A vasectomia não torna o homem impotente, não havendo risco também de alteração no desempenho sexual. Tem sido relatado muitas vezes por indivíduos que realizaram o procedimento, uma melhora na relação sexual devida à perda do medo de uma gravidez indesejável.

A cirurgia

A cirurgia é realizada com anestesia local e não precisa de internação. O procedimento é simples e consiste na interrupção da passagem dos espermatozoides do saco escrotal para o liquido ejaculado (esperma). Para que não ocorra a passagem de espermatozoides, a cirurgia é efetivada após a fixação ou cortes dos canais deferentes de cada testículo.

Após a intervenção cirúrgica, o homem deve passar por um período de alguns dias de abstinência sexual. Até que seja confirmado por meio de exames (espermograma) que não há mais a presença de espermatozoides na ejaculação, o casal deverá utilizar outros métodos contraceptivos para evitar a gravidez.    

A ejaculação é normal após a vasectomia, apenas com a ausência de espermatozoides, não sendo perceptível porque este compõe uma pequena porcentagem do liquido ejaculado (2 – 3% do volume total). 

É possível reverter a cirurgia?

A cirurgia de vasectomia é possível ser revertida, porém a probabilidade de ser bem-sucedida diminui com o tempo. Ou seja, um homem que fez uma vasectomia há dois anos, tem mais probabilidade de ter sucesso em uma cirurgia de reversão quando comparado ao homem que fez o procedimento há cinco anos.

Existem algumas alternativas para o paciente que volta atrás da decisão após fazer uma vasectomia. Atualmente é possível realizar uma punção diretamente do saco escrotal para obter espermatozoides ou tentar uma reversão da cirurgia da vasectomia religando novamente os canais deferentes. Ambas opções não são uma garantia de sucesso, sendo a vasectomia uma decisão a ser tomada após muita reflexão por ser considerada o método contraceptivo mais eficaz que existe.  

Importante ressaltar que, há um risco de reversão natural, porém extremamente baixo, se comparado a qualquer outro tipo de método contraceptivo pontual ou definitivo como por exemplo a ligadura das trompas.

Outra alternativa seria os bancos de sêmen onde o homem antes de fazer a vasectomia pode contratar este tipo de serviço e armazenar o sêmen por anos, pagando uma quantia anual de custo variável no mercado pelo serviço contratado.

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação
Comercial

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Diretor de Projetos Especiais
Marcelo Barros