Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Quinta, 11 Janeiro 2018 17:11

Após dois anos, Correios voltarão a atender todo o noroeste de Santos

Situação dos carteiros culminou com a falta de entrega das encomendas dos moradores do Areia Branca, Castelo e Santa Maria
Entregas de compras feitas pela internet serão retomadas em três dos bairros mais populosos da cidade Entregas de compras feitas pela internet serão retomadas em três dos bairros mais populosos da cidade Rodrigo Montaldi/Diário do Litoral
Por Rafaella Martinez
De Santos

Após dois anos, os Correios irão retomar as entregas domiciliares de compras feitas pela internet em três dos bairros mais populosos da zona noroeste de Santos: Santa Maria, Areia Branca e Castelo. A informação foi dada pelo secretário de Relações Institucionais e Cidadania, Flávio Jordão, que se reuniu na manhã de quarta-feira, 10, com representantes dos Correios e com o coordenador do Procon-Santos, Rafael Quaresma.

A reunião ocorreu após denúncias sobre a situação de risco às quais estão submetidos os carteiros de Santos – que culmina com a falta de entrega de encomendas para moradores dos morros e da zono noroeste da cidade.

“Os representantes dos Correios estão em tratativas em Brasília para aumentar o efetivo e assim voltar a atender os bairros da zona noroeste o quanto antes”, afirma Jordão.
No encontro, foram definidas outras medidas para minimizar o impacto da ausência de entrega de mercadorias em oito morros de Santos e seis dos 14 bairros da zona noroeste.
Uma das medidas é a mudança de local de retirada de mercadorias: atualmente, os moradores de todos os bairros que não são atendidos pelos Correios devem retirar as mercadorias no Centro de Distribuição da zona noroeste, localizado na avenida Jovino de Melo. Por não ter estrutura de agência, as críticas em relação à espera para atendimento e retirada são ­constantes.

“Os Correios se prontificaram a desmembrar essas duas regiões e proporcionar um local adequado para a retirada de itens. Sendo assim, quem mora nos morros passará a retirar as correspondências na agência do centro de Santos (rua Cidade de Toledo, 41). Já os moradores da zona noroeste deverão comparecer na agência da avenida Nossa Senhora de Fátima, 715”, destaca Quaresma. As mudanças estão previstas para entrar em vigor na primeira quinzena de fevereiro.

Segurança

Apesar de benéficas, as alterações propostas não mudam a situação dos centenas de trabalhadores que convivem com uma rotina de medo durante a jornada de trabalho nas ruas de Santos.

No mês passado, a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP) enviou nota esclarecendo que a Delegacia Seccional não foi comunicada sobre a interrupção de serviços de entregas de correspondências em pelo menos quatro dos nove municípios da região – Santos, São Vicente, Praia Grande e Guarujá – por conta da violência.

Segundo a SSP-SP, a Polícia Civil de Santos investiga os roubos e furtos registrados e realiza diversas ações preventivas e repressivas, promovidas mensalmente com o intuito de conter os crimes contra o patrimônio e de tráfico de drogas. Já a Polícia Militar vai analisar as denúncias para readequar o patrulhamento nas regiões de maior incidência criminal e também ficará à disposição dos Correios para, juntos, conseguirem solucionar os problemas apresentados.

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany