Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Terça, 02 Janeiro 2018 17:19

Rodovia Régis Bittencourt registra 93 acidentes no feriado de Ano Novo

Rodovia recebeu média de 23 mil veículos por dia; em quatro dias foram 93 acidentes com 18 feridos e nenhuma morte
Quem viajou no dia 29 de dezembro, já pegou a tarifa do pedágio com reajuste na tarifa de R$ 3 para R$ 3,10 Quem viajou no dia 29 de dezembro, já pegou a tarifa do pedágio com reajuste na tarifa de R$ 3 para R$ 3,10 Thiago Neme/Gazeta de São Paulo
Por Nely Rossany
De São Paulo

A rodovia Régis Bittencourt (BR-116), que liga a capital paulista ao sul do País, registrou nesse feriado prolongado de Ano Novo, 93 acidentes com 18 feridos e nenhuma morte.

De acordo com a Autopista Régis Bittencourt, concessionária responsável pela administração da rodovia, nos quatro dias de operação especial, de 29 de dezembro a 1° de janeiro uma média de 23 mil veículos por dia circularam na rodovia.

Natal.

No feriado prolongado de Natal, também com 4 dias de 22 a 25 de dezembro foram registrados na rodovia 145 acidentes, com 57 vítimas feridas e uma morte.

De acordo com a Autopista Régis Bittencourt, foram mais de 2 mil ocorrências entre atendimento mecânico, remoção de veículos, entre outros atendimentos onde houve o chamado para aquipes da concessionária.

Pedágio.

Quem viajou no dia 29 de dezembro, já pegou a tarifa do pedágio com reajuste. O preço subiu de R$ 3 para R$ 3,10 nas seis praças de pedágio da rodovia. O reajuste autorizado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) foi 3,33%.

Através de uma nota oficial, a concessionária informou que de “acordo com o contrato de concessão assinado em 14 de fevereiro de 2008, está previsto um reajuste anual da tarifa, sempre na data de aniversário do início da cobrança de pedágio na Régis, em 29 de dezembro. O reajuste contempla a inflação do período e a revisão extraordinária para compensação da não cobrança dos eixos suspensos, conforme determinado pela chamada Lei dos Caminhoneiros”, disse.

Ao longo de toda a rodovia, os pedágios ficam no km 299 em São Lourenço da Serra, na Grande São Paulo, km 370 em Miracatu, km 427 Juquiá, km 485 Cajati, km 542 Barra do Turvo e no km 57 em Campina Grande, no Paraná.

Duplicação concluída.

O motorista que utilizou a rodovia para as viagens de fim de ano também notou uma importante mudança na Régis. Após sete anos de obra foi entregue a obra de duplicação na Serra do Cafezal, na região de Miracatu, no Vale do Ribeira. O trecho era conhecido pelos constantes congestionamentos.

Ao todo foram construídos quatro túneis, três em direção ao sul do País, nos km 357, 360 e 361 e um outro túnel no km 348, sentido São Paulo. Além dos túneis, foram construídos 39 viadutos. O investimento total da duplicação é de R$ 1,3 bilhão.

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado