Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
Sexta, 24 Novembro 2017 19:05

Empresa de ônibus propõe reajuste na tarifa de R$ 3,80 para R$ 4,56

Pedido da Viação Pirajuçara, responsável pelo transporte na cidade, chegou à Câmara e repercutiu mal entre os vereadores
O valor da passagem ficou congelada a R$ 3 durante cinco anos e sofreu reajuste em julho deste ano, subindo para R$ 3,80 após a empresa entrar na Justiça contra a prefeitura de Taboão da Serra O valor da passagem ficou congelada a R$ 3 durante cinco anos e sofreu reajuste em julho deste ano, subindo para R$ 3,80 após a empresa entrar na Justiça contra a prefeitura de Taboão da Serra Thiago Neme/Gazeta de S.Paulod
Por Nely Rossany
De São Paulo

A Viação Pirajuçara protocolou essa semana, na Câmara de Taboão da Serra, uma planilha com os custos do transporte municipal da cidade pedindo o reajuste da tarifa, que hoje é de R$ 3,80, para R$ 4,56. A empresa é responsável pelas linhas de ônibus que circulam dentro do município. O pedido repercutiu mal entre os vereadores que rechaçaram a ideia e afirmaram que o pedido não deve ser acatado pelo prefeito Fernando Fernandes (PSDB).

O líder do PSDB na Câmara Municipal, Eduardo Nóbrega, relembrou o histórico de reajustes da tarifa nos últimos anos. “Quando o Fernando Fernandes assumiu o governo em 2013 revogou o aumento da tarifa que o ex-prefeito Evilásio Farias tinha dado, duas vezes, em 2012. Quem gosta de aumentar a passagem é a oposição”, disse.

O valor da passagem ficou congelada a R$ 3 durante cinco anos e sofreu reajuste em julho deste ano após a empresa entrar na Justiça contra a prefeitura. Logo em seguida, o vereador Cido (DEM) também falou sobre a polêmica. “Aumento de passagem para mim, em um momento de crise como esse, para mim é inaceitável”.

Os usuários do transporte público da cidade de Taboão da Serra não ficaram satisfeitos com o reajuste na tarifa no meio do ano. O reajuste foi de 26% e os passageiros reclamam frequentemente da qualidade do transporte. “Nós conseguimos perceber que alguns ônibus são novos, agora tem outros que estão muito velhos, e por isso acredito que esse reajuste é péssimo. Pagar R$ 3,80 em uma passagem para andar trechos pequenos como aqui na cidade de Taboão da Serra não é justo”, declarou na época o vigia, Aiton Cardoso, de 47 anos.

Reajuste

Em maio do ano passado, a prefeitura firmou o acordo de reajuste entre as empresas Pirajuçara e Fervima (do mesmo grupo), que detêm o monopólio do transporte público municipal há pelo menos 22 anos no município. O acordo foi ratificado pela Justiça apenas no dia 1º de junho deste ano.

Ainda segundo o acordo, que reajustou o valor da tarifa para R$ 3,80, o valor foi calculado em cima das planilhas apresentadas pelas viações Pirajuçara e Fervima.

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany