Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Terça, 10 Outubro 2017 16:08

Ney Santos anuncia extinção de cinco secretarias para cortar custos

Prefeito não revelou quais pastas sofrerão cortes, mas afirmou que município deve economizar até R$ 100 mil por mês
Além de anunciar a medida, o prefeito de Embu das Artes lançou seu principal projeto: o Cartão Cidadão Além de anunciar a medida, o prefeito de Embu das Artes lançou seu principal projeto: o Cartão Cidadão Eduardo Toledo/O Taboanense
Por Portal O Taboanense

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB), anunciou nesta segunda-feira que irá extinguir cinco secretarias nos próximos dias. A medida é para reduzir os custos da máquina pública. “As contas não estão fechando, precisamos tomar medidas radicais”, afirmou durante coletiva com a imprensa.

Ney Santos não revelou quais secretarias pretende extinguir, mas disse que o município deverá economizar cerca de R$ 100 mil por mês. “Os secretários não estão sendo demitidos. É corte de despesa”. O número de secretarias será reduzido, algumas serão absorvidas por outras pastas e os secretários irão acumular funções.

Um dos secretários que deixará o governo é Léo Novais, mas por vontade própria. Ele deve pedir exoneração da pasta de Serviços Urbanos nos próximos dias, já que é pré-candidato a deputado federal pelo Partido da República (PR), Novais já informou que não irá mais continuar. Seu projeto é se dedicar a campanha pelas eleições de 2018.

“É um grande secretário, competente, a maioria das vezes não está limpinho como hoje, está sempre sujo. Mas ele entendeu que agora é mais importante focar na campanha. Ele poderia se afastar em março, mas decidiu agora para que ninguém pense que ele está usando o salário de secretário para a campanha”.

Lançamento

Na oportunidade, Ney Santos lançou o principal projeto de sua administração: o Cartão Cidadão. A ideia é melhorar a gestão pública, integrar serviços e economizar recursos através de um controle mais rígido. A proposta é ambiciosa e exige uma estrutura complexa. Além de convencer a população a se cadastrar, a prefeitura terá que modernizar todas as secretarias.

O que é o Cartão Cidadão?

O cartão tem como proposta dar mais agilidade aos serviços públicos, acabando com a burocracia. Ele interligará diversos serviços municipais e também a possibilidade de participação em programas e atividades oferecidas em Embu das Artes. A iniciativa, entretanto, tem seu preço. Segundo a empresa fornecedora, o custo de cada cartão emitido é de aproximadamente R$ 9,50. Em uma conta rápida, multiplicando pela estimativa de habitantes divulgado pelo IBGE, ele será, no mínimo, de R$ 3,4 milhões, além da manutenção do sistema. Ao todo o projeto deve custar cerca de R$ 5 milhões.

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado