Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Quinta, 12 Abril 2018 18:26

Corpo carbonizado é de mulher desaparecida após brigar com marido

A Polícia Civil chegou à identidade da vítima depois de recuperar uma tatuagem de borboleta na pele queimada, em seu pé
O corpo de Fernanda Delarice, de 36 anos, foi encontrado num canavial; a vítima estava desaparecida desde o dia 31 de março O corpo de Fernanda Delarice, de 36 anos, foi encontrado num canavial; a vítima estava desaparecida desde o dia 31 de março Reprodução/EPTV
Por Estadão Conteúdo

Um corpo encontrado carbonizado num canavial, à margem da Rodovia Anhanguera, em Jardinópolis, é de Fernanda Aparecida Delarice, de 36 anos, desaparecida desde o dia 31 de março, após uma briga com o marido, em Ribeirão Preto, interior de São Paulo. A Polícia Civil chegou à identidade da vítima depois de recuperar uma tatuagem de borboleta na pele queimada, em seu pé.

O suspeito, o empresário Otávio Rodrigues da Silva, de 36 anos, viajou após o desaparecimento da mulher e está em um local incerto. A Justiça decretou a prisão temporária dele por feminicídio.

Conforme depoimento de testemunhas, na noite anterior ao desaparecimento de Fernanda, vizinhos ouviram o casal brigando. No dia seguinte, um amigo do empresário foi chamado por ele e viu que havia algo enrolado na caçamba da caminhonete. “Essa pessoa alega que não sabia o que era, mas depois soube tratar-se do corpo da vítima. Estamos investigando se ele teve participação na ocultação do cadáver”, disse o delegado Claudio Sales Junior.

Imagens de uma câmera de segurança mostram Fernanda entrando em casa às 16 horas e não saindo mais de lá. No dia seguinte, elas mostram a picape de Otávio deixando o imóvel.

Ainda segundo o delegado, as marcas de sangue encontradas na casa indicam que o crime foi realizado no local. A mãe de Fernanda, Antonia da Silva Delarice, já havia dito à polícia que desconfiava do envolvimento do genro no sumiço da filha.

De acordo com a mãe da vítima, Fernanda tinha registrado boletim de ocorrência por violência doméstica, mas a mulher não pediu medida protetiva. A polícia ainda investiga o caso.

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany