Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Terça, 22 Maio 2018 12:40

Carille diz ter exagerado e pede desculpas a jornalistas

"Li, sim, mentiras a meu respeito. Uma parte da imprensa errou, sim, nesta última semana. Não foi a maioria, porém. Então, exagerei ao generalizar em meu comentário. Por isso, peço desculpas", disse Carille
O treinador disse ter exagerado ao falar que a maioria dos jornalistas mente O treinador disse ter exagerado ao falar que a maioria dos jornalistas mente Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians
Por Folhapress
De São Paulo

Alvo de repúdio da Aceesp, entidade que representa cronistas esportivos em São Paulo, o técnico Fábio Carille decidiu se pronunciar em pedido de desculpas aos jornalistas nesta terça-feira (22).

O treinador, que pode deixar o Corinthians rumo ao futebol árabe, disse ter exagerado ao falar que a maioria dos jornalistas mente.

"Li, sim, mentiras a meu respeito. Uma parte da imprensa errou, sim, nesta última semana. Não foi a maioria, porém. Então, exagerei ao generalizar em meu comentário. Por isso, peço desculpas", disse Carille em uma nota de esclarecimento.

"Sempre respeitei o trabalho da imprensa e fiz questão de tratar os jornalistas da melhor forma possível. Como já me manifestei com relação aos meus incômodos neste caso, e os jornalistas, por meio de sua associação, fizeram o mesmo, encaro essa questão como encerrada", acrescentou.

A Aceesp emitiu nota de repúdio às declarações feitas por Carille no domingo (20), após o empate com o Sport, nas quais o treinador do Corinthians fez críticas aos jornalistas que noticiaram o interesse do Al-Hilal, da Arábia Saudita, em sua contratação.

Leia a nota do técnico Fábio Carille na íntegra:

"No último domingo, concedi entrevista coletiva após o empate com o Sport, em Recife, e expus alguns pontos que haviam me incomodado com relação à postura da imprensa ao noticiar uma possível proposta do Al-Hilal, da Arábia Saudita, pelo meu trabalho.

Na coletiva, eu disse que 'grande parte da imprensa mente'. Li, sim, mentiras a meu respeito. Uma parte da imprensa errou, sim, nesta última semana. Não foi a maioria, porém. Então, exagerei ao generalizar em meu comentário. Por isso, peço desculpas.

Recebi a nota de repúdio emitida pela Aceesp e respeito as colocações da entidade. Sempre respeitei o trabalho da imprensa e fiz questão de tratar os jornalistas da melhor forma possível. Como já me manifestei com relação aos meus incômodos neste caso, e os jornalistas, por meio de sua associação, fizeram o mesmo, encaro essa questão como encerrada."

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado