Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
Quarta, 11 Outubro 2017 11:54

Tite exalta futebol da seleção brasileira: 'Dá para jogar bonito e ganhar'

Na opinião do treinador, o resultado e a atuação mostraram a capacidade da equipe mesclar efetividade com futebol vistoso
Sob o comando de Tite, a seleção ganhou dez partidas e empatou duas na competição Sob o comando de Tite, a seleção ganhou dez partidas e empatou duas na competição Pedro Martins/Mowa Press

O técnico Tite avaliou com bastante elogios o encerramento da campanha da seleção brasileira nestas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo, campanha encerrada com a vitória por 3 a 0 sobre o Chile, nesta terça-feira, no Allianz Parque. Na opinião do treinador, o resultado e a atuação mostraram a capacidade da equipe mesclar efetividade com futebol vistoso.

Sob o comando de Tite, a seleção ganhou dez partidas e empatou duas na competição. "A forma como a equipe está se apresentando me deixa feliz. A equipe resgata o que eu sei de futebol, porque mistura a efetividade em ganhar jogos com a beleza. Dá para jogar bonito e ganhar. Tenho que reconhecer que o grupo de atletas está apresentando esse bom futebol", disse em entrevista coletiva.

O Brasil fechou as Eliminatórias com a sua melhor campanha na história e venceu todos os adversários ao menos uma vez, feito inédito. "Tenho legado do Dunga e do Luiz Felipe (Scolari). Alguns jogadores são da geração da Copa de 2014, como o Fernandinho e o Daniel Alves. Quando não se tem muito tempo como técnico, você se serve desse legado", afirmou o treinador, ao dividir os méritos com os antecessores.

O treinador fez questão de elogiar o trabalho da comissão técnica e contou que o bom ambiente vivido entre os jogadores da seleção também ajudam os resultados a chegarem. "Os jogadores gostam do convívio, tem amizade. É legal quando isso acontece, porque aí a vaidade fica de lado. Acabamos por cooperar um com o outro. Todos esses recordes são de uma equipe, não sou só eu quem estou atingido", comentou.

Tite revelou ter ficado irritado com o zagueiro chileno Gary Medel durante a partida. Segundo o brasileiro, o adversário lhe xingou no primeiro tempo e ele acabou por perder o controle. Para acalmar os ânimos, o técnico falou com o defensor no começo da segunda etapa e avisou que o mal-estar havia acabado.

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação
Comercial

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Diretor de Projetos Especiais
Marcelo Barros