Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
Domingo, 08 Outubro 2017 22:08

Gabriel Jesus volta ao Palmeiras e sonha com a Copa do Mundo

O astro do Manchester City e da seleção brasileira foi revelado pelo Palmeiras e negociado com a Inglaterra no ano passado
Gabriel Jesus disse estar feliz por ter voltado para casa Gabriel Jesus disse estar feliz por ter voltado para casa MoWa Press
Por Folhapress

Em treino que teve Cássio, goleiro do Corinthians, de verde no gol da Academia de Futebol do Palmeiras e Neymar, foi Gabriel Jesus, 20, quem mais se sentiu à vontade neste domingo (8). Na entrada do ônibus do Brasil, era dele o nome gritado pelos torcedores no portão.

O astro do Manchester City e da seleção brasileira, disse estar feliz por ter voltado para casa. Ele foi revelado pelo Palmeiras e negociado com a Inglaterra no ano passado.

"Consegui fazer uma história aqui, apesar de curta. É muito gratificante ser sempre lembrado pelos torcedores do Palmeiras", afirmou.

Jesus, que cresceu na várzea jogando pelo Anhanguera, clube que tem campo no bairro da Barra Funda, perto da Academia, estará no ataque do Brasil na terça (10), diante do Chile no Allianz Parque. É a 1ª vez que a seleção joga no estádio do Palmeiras.

Segundo o atacante, que fez cinco gols pela seleção no ano passado, mas ainda não marcou em 2017, disputar a última partida das eliminatórias no Allianz Parque, e na sua cidade, é perfeito.

"O cenário [Allianz Parque] é o ideal. Desde que coloquei na cabeça que seria jogador de futebol, um dos meus grandes sonhos era disputar uma Copa do Mundo. Mas tenho que trabalhar muito tanto na seleção quanto no [Manchester] City para fazer por merecer jogar a copa", disse.

Gabriel vai enfrentar Claudio Bravo, 34, seu companheiro de Manchester e goleiro do Chile. "Antes de vir para o jogo, falei que se tivesse oportunidade faria o gol nele", comentou Jesus, que disse ser amigo do rival de terça.

Deve ser a última partida do Brasil em solo brasileiro antes do mundial. A CBF agendou até agora mais três amistosos até a estreia na Rússia em junho.

Vai jogar contra Japão e Inglaterra, em novembro, na Europa. Em março do ano que vem vai enfrentar a Alemanha, em Berlin. Será o primeiro jogo entre as duas seleções depois do 7 a 1 do Mineirão, pela semifinal da Copa do Mundo de 2014.

O técnico Tite, como foi revelado pelo treinamento, vai jogar com todos os titulares a última partida do Brasil para as eliminatórias. Na zaga, no lugar de Thiago Silva, lesionado, volta Marquinhos, que fará dupla com Miranda.

O Brasil está classificado, mas o resultado do jogo em São Paulointeressa à Argentina. Se o Chile vencer o Brasil complica ainda mais a situação da seleção de Messi, que hoje estaria fora da Copa. Os argentinos enfrentam o Equador, fora de casa.

Parte da torcida do Brasil defende a tese de que o Brasil deveria facilitar o jogo para o Chile. O que foi rechaçado pela comissão técnica e pelos jogadores.

Foi exatamente contra os chilenos que o Brasil estreou nas eliminatórias para a Rússia. A derrota por 2 a 0 em Santiago há dois anos parecia prever uma caminhada difícil até a conquista da vaga. Mas desde lá, saiu o técnico Dunga e alguns jogadores também mudaram. Caso do goleiro Jefferson e do volante Elias, que foram titulares naquela partida.

Mas, segundo o zagueiro Miranda, que estava na derrota para aos chilenos, a principal mudança foi a mudança do espírito do grupo. "Naquela época parecia que nada estava dando certo. Os jogadores são praticamente os mesmos, mas a confiança agora é maior".

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação
Comercial

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Diretor de Projetos Especiais
Marcelo Barros