Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Quarta, 16 Maio 2018 17:19

Concessão do Pacaembu é lançada com naming rights por R$ 37 milhões

Com aval para venda do direito de explorar comercialmente o nome do tradicional estádio, edital prevê contrato de 35 anos
No ano passado, segundo a Prefeitura de São Paulo, o estádio deu prejuízo de R$ 6 milhões No ano passado, segundo a Prefeitura de São Paulo, o estádio deu prejuízo de R$ 6 milhões Marivaldo Oliveira/Código19/Folhapress
Da Reportagem
De São Paulo

Com aval para a venda do naming rights (direito de exploração comercial do nome), a gestão Bruno Covas (PSDB) lançou nesta quarta-feira o edital de concessão do Estádio do Pacaembu, na região central de São Paulo, por 35 anos. A concorrência será internacional e terá lance mínimo de R$ 36,8 milhões.  

A previsão é de que o contrato seja assinado até agosto e garanta cerca de R$ 400 milhões em benefícios para a cidade durante a concessão, incluindo os investimentos do futuro concessionário (R$ 200 milhões), a desoneração (custos de manutenção que deixarão de ser da prefeitura), e o aumento da receita com o Imposto Sobre Serviços (ISS). No ano passado, segundo a prefeitura, o estádio deu prejuízo de R$ 6 milhões.

De acordo com o edital, o futuro dono do estádio poderá negociar o naming rights do local com uma outra empresa, assim como a construtora WTorre fez com a seguradora Allianz no estádio do Palmeiras, mas desde que a palavra Pacaembu seja mantida no novo nome, como ocorreu na Itaipava Arena Fonte Nova, estádio concedido na Bahia. A receita do negócio ficará integralmente com o concessionário. O nome oficial do estádio, contudo, continuará sendo Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho.

O vencedor da licitação deverá pagar R$ 2 milhões à vista para a prefeitura, depois terá carência de três anos para fazer os investimentos antes de começar a pagar a outorga (valor da concessão) em parcelas anuais por dez anos. Entre as intervenções exigidas estão a instalação de novos sistemas elétrico, hidráulico e de iluminação, construção de novos banheiros, reforma de vestiários e lanchonetes e instalação de cadeiras nas arquibancadas.

A concessionária também será obrigada a manter o centro poliesportivo do Pacaembu, que hoje é usado gratuitamente por moradores da região, e deverá ceder o espaço sem custos para a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer realizar atividades públicas conforme um calendário prévio que será definido no início da cada ano pela prefeitura. O edital prevê que o concessionário ficará isento de pagar IPTU sobre a área concedida.

Desde o início do processo, cinco consórcios demonstraram interesse no estádio, mas apenas um projeto, ligado à empresa do dirigente são-paulino Raí, teve as diretrizes aprovadas pelo Conpresp e pelo Condephaat. A proposta do consórcio Novo Pacaembu prevê a construção de dois prédios com restaurantes, escritórios e hotel na área hoje ocupada pelo tobogã, a cobertura das arquibancadas centrais, uma praça pública e a inserção de uma nova concha acústica para eventos.

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado