Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Segunda, 02 Abril 2018 18:26

Cidades do País sentem reflexo de tremor; prédios são evacuados em SP e DF

Reflexos de um terremoto na Bolívia foram sentidos em diferentes pontos do País por volta das 11h desta segunda-feira
O quarteirão entre as alamedas Joaquim Eugênio de Lima e a Campinas ficou apinhado de funcionários O quarteirão entre as alamedas Joaquim Eugênio de Lima e a Campinas ficou apinhado de funcionários Marcelo Chello/CJPress/Folhapress
Por Folhapress

Reflexos de um terremoto na Bolívia foram sentidos em diferentes pontos do País por volta das 11h desta segunda-feira. Não há informações sobre feridos. Há relatos em São Paulo, em Minas Gerais, no Paraná, no Rio Grande do Sul e no Distrito Federal.

Em São Paulo, por exemplo, ao menos cinco prédios comerciais na avenida Paulista foram evacuados por causa de tremores sentidos nos andares mais altos. O quarteirão entre as alamedas Joaquim Eugênio de Lima e a Campinas ficou apinhado de funcionários assustados.

A contadora Elisângela Corrêa, 39, trabalhava no 10º andar de um prédio quando começou a sentir tontura. Grávida de seis meses, achou que fosse algum sintoma da gravidez, mas percebeu que havia algo errado quando viu a persiana bater na janela. “Foi o tempo de pegar o celular e descer as escadas. Foi um alívio quando saímos no térreo”, disse.

Alarme

Também na avenida Paulista, no prédio da Petrobras e no edifício número 949, o alarme de incêndio foi acionado, e bombeiros civis passaram pelos andares para avisar que o prédio estava sendo evacuado. “Fecharam o elevador e nos mandaram descer as escadas. Só peguei a carteira e o celular, que é quase um órgão vital, e desci”, lembra a advogada Juliana Lins, 33, que estava no 15º andar.

O engenheiro ambiental Fernando Fae, 36, conta que estava em uma reunião em uma sala no prédio da Petrobras quando sentiu o chão se mover. “Achei que estava passando mal, mas depois vi a cortina se mexer e logo o alarme soou.”

Na rua dos Ingleses, na Bela Vista, o tremor também foi sentido nos andares mais altos dos prédios residenciais. Moradores chegaram a ocupar as calçadas com medo de desabamento, mas a situação já tinha voltado a normalidade no final da manhã desta segunda-feira.

Terremoto

Segundo o Observatório Sismológico de Brasília, os tremores sentidos no Brasil foram reflexo de um terremoto de 6,8 graus na escala Richter registrado na Bolívia, a 557,2 km de profundidade, na manhã desta segunda. A magnitude do terremoto “não é das maiores”, na definição do professor Lucas Vieira, do Observatório Sismológico da UnB (Universidade de Brasília). Ele explica que, no mundo, ocorrem entre 15 e 20 terremotos dessa proporção a cada ano. O que chamou atenção, contudo, foram os efeitos sentidos no Brasil.

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado