Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Quinta, 11 Janeiro 2018 17:26

Homem que empurrou mulher no trilho ficará preso

A Justiça de São Paulo decidiu manter a prisão do homem que empurrou uma mulher para o trilho do Metrô; ele foi para CDP
A vítima foi empurrada por faxineiro segundos antes do trem chegar à estação Conceição da Linha 1-Azul, na tarde de terça-feira A vítima foi empurrada por faxineiro segundos antes do trem chegar à estação Conceição da Linha 1-Azul, na tarde de terça-feira Reprodução/TV Globo
Da Reportagem
De São Paulo

A Justiça de São Paulo decidiu manter a prisão do homem que empurrou uma mulher para o trilho do Metrô da estação Conceição da Linha 1 - Azul, na tarde de terça-feira. O faxineiro Sebastião José da Silva, de 55 anos, que foi detido em flagrante, passou por uma audiência de custódia com um juiz e justificou a atitude afirmando que ouviu vozes. Ele foi transferido para um centro de detenção provisória, onde permanecerá preso.

Em nota, o Metrô de São Paulo informou que Sebastião sofre de problemas mentais e teria empurrado a primeira pessoa que viu na plataforma.

Empurrão

A queda de Jussara Araújo de Souza, de 23 anos, nos trilhos foi registrada por uma câmera do circuito interno do Metrô. Jussara foi empurrada segundos antes do trem chegar à estação. Ela foi socorrida e encaminhada para o Hospital Municipal Doutor Arthur Ribeiro de Saboya, no Jabaquara, na zona sul. A vítima quebrou o braço e não corre risco de vida. Após empurrar a mulher, o homem saiu caminhando, mas foi detido pelos agentes de segurança do Metrô.

Vítima

Jussara caiu de bruços em direção aos trilhos, e conseguiu inclinar o rosto para vê-lo passar durante alguns segundos. “Morri”, foi a única coisa que passou por sua cabeça no momento. “Nem sabia se era homem ou mulher (o autor do crime), fiquei sabendo só depois, em casa, quando vi na televisão”, diz Jussara.

A jovem estava a caminho do trabalho, próximo a estação Marechal Deodoro, onde trabalha como atendente em uma lanchonete de rede de fast-food. A mulher conversava pelo WhatsApp com a cunhada e o marido, quando sentiu um forte empurrão vindo de trás. “Quando vi, estava embaixo (do trem)”.

Jussara diz ter visto e sentido passarem quatro vagões sobre o seu corpo antes de a composição parar. Depois disso, quatro bombeiros desceram e a colocaram na margem do fosso, para que os demais vagões passassem. “Sentia muita dor na perna (esquerda) e no braço (direito)”, lembra ela, que foi colocada em uma maca e encaminhada para o Hospital Municipal Doutor Arthur Ribeiro de Saboya. Com escoriações, ela levou 30 pontos na perna esquerda.

Após o incidente, a jovem diz estar com muito medo e se sente traumatizada.

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany