Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Quarta, 10 Janeiro 2018 11:28

Após vacinação contra febre amarela, SP reabre Horto e outros dois parques

A volta das atividades dos parques integra um pacote de ações anunciadas nesta quarta-feira (10) pelas autoridades de saúde para combater a doença
Por Folhapress
De São Paulo

Três parques da capital paulista que permaneceram fechados à visitação da população, entre o final de 2017 e o início deste ano, serão reabertos ainda neste mês.

O Horto Florestal e o parque da Cantareira, ambos na zona norte, e o parque Ecológico do Tietê, na zona leste, suspenderam a entrada de frequentadores após a localização de macacos mortos por febre amarela em suas áreas.

O governo Alckmin (PSDB) informou que as unidades foram reabertas após estratégias de vacinação nos bairros do entorno. Ainda não foi definida a data em que as unidades serão reabertas. Todas elas, no entanto, contarão com avisos na entrada para informar à população que os locais estão em área de risco e que para visitá-los é preciso ter tomado vacina contra a febre amarela ao menos dez dias antes da visita.

A volta das atividades dos parques integra um pacote de ações anunciadas nesta quarta-feira (10) pelas autoridades de saúde para combater a doença, que já matou 13 pessoas em todo o Estado.

São Paulo, além de Bahia e Rio, estão no alvo de uma campanha emergencial de vacinação do Ministério da Saúde para conter o avanço da febre amarela em áreas que até então não tinham recomendação para imunização contra a doença. Nos três Estados, a meta será a de alcançar 19,7 milhões de pessoas.

Para isso, a ideia é utilizar doses fracionadas da vacina, feitas com 1/5 da dose padrão. Na capital paulista, esse tipo de dose será disponibilizada em 15 distritos.
São eles: Capão Redondo, Cidade Dutra, Cidade Lider, Cidade Tiradentes, Grajaú, Guaianases, Iguatemi, Jardim São Luís, José Bonifácio, Parque do Carmo, Pedreira, São Mateus, São Rafael, Socorro e Vila Andrade.

VACINAÇÃO

A campanha de vacinação começará no dia 3 de fevereiro e seguirá até o dia 24. A meta é alcançar os moradores da Grande São Paulo, do Vale do Paraíba e da Baixada Paulista.
Em todo o Estado de São Paulo, a campanha será realizada em 53 cidades. Em 40 delas, a dose será ofertada para toda a população, devido à alta concentração de mata. Nos 13 municípios restantes, a vacina será dada aos moradores de locais mais vulneráveis.

A meta é vacinar 6,3 milhões de pessoas no Estado.

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany