Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Sexta, 01 Dezembro 2017 19:12

Nova passarela de Congonhas deve ser reaberta até o Natal

A nova passarela do aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista, deve ser reaberta neste mês, após dois anos
A nova passagem irá substituir a construção metálica provisória que funciona há dois anos A nova passagem irá substituir a construção metálica provisória que funciona há dois anos Thiago Neme/Gazeta de S.Paulo
Da Reportagem
De São Paulo

A nova passarela do aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista, deve ser reaberta neste mês. A obra irá substituir a construção metálica provisória que funciona há dois anos. Em abril, em uma entrevista à imprensa, o prefeito João Doria (PSDB) prometeu a entrega da nova passarela até o Natal.

Em 2015, a passarela Comandante Rolim Amaro, na avenida Washington Luís, foi interditada após técnicos da Secretaria de Coordenação das Subprefeitura apontarem que a passagem oferecia riscos aos pedestres. O laudo da prefeitura mostrou que a estrutura estava em “estado de iminência de ruptura brusca”. A travessia recebeu então um escoramento.

Além disso, quem passava pela antiga passagem reclamava da péssima iluminação, falta de corrimão em alguns pontos e áreas com infiltração e ferrugens.

A nova construção segue projeto original elaborado pelo arquiteto João Batista Vilanova Artigas em 1974. Seu neto, Marcos Artigas, participou da elaboração. A nova passarela terá visual mais moderno e vai contar com elevadores com vidros panorâmicos nas duas pontas, segundo o projeto apresentado pela prefeitura.

As obras estão sendo custeadas com doações de empresas privadas, a maioria ligada ao setor de turismo. Segundo o secretário de Infraestrutura Urbana e Obras, Marcos Penido, foram arrecadados R$ 6,7 milhões para a reforma da passarela e construção de uma praça no canteiro central da avenida onde antes funcionava um estacionamento clandestino.

Etapas
Metade da estrutura metálica, com 75 metros de extensão total, já foi içada e conectada à escada de concreto, que já está pronta, no sentido bairro. O suporte para os dois elevadores, um em cada lateral, também foi instalado. A próxima etapa é finalizar a instalação elétrica e fazer o acabamento do piso.

Tombamento
Inaugurada em 1974, a passarela é tombada por dois órgãos de preservação do patrimônio histórico e por isso nunca foi reformada. O Ministério Público chegou a alegar que as obras descaracterizariam a travessia e atenderiam a interesses comerciais na região. Mas, em 2014, uma decisão judicial que a prefeitura e a ONG Associação dos Amigos da Passarela fechassem um acordo para a solução definitiva dos problemas e elaborassem um projeto para a construção de uma nova passarela.

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado