Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
Quinta, 23 Novembro 2017 14:30

Lindbergh Farias vê 'desespero' para se achar candidato competitivo contra Lula

O líder do PT no Senado vê como 'desespero' a inclusão do nome de Luciano Huck como presidenciável para 2018
Lindbergh afirma que estão 'tentando achar um candidato' para rivalizar com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva Lindbergh afirma que estão 'tentando achar um candidato' para rivalizar com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva Jefferson Rudy/Agência Senado
Por Estadão Conteúdo

O líder do PT no Senado, Lindbergh Farias (PT-RJ), afirmou nesta quinta-feira, 23, que vê como "desespero" a inclusão do nome de Luciano Huck como presidenciável para 2018. Para ele, setores da sociedade estão "tentando achar um candidato" que seja competitivo para rivalizar com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

"Estão tentando achar um candidato. Isso mostra um desespero, de como deu errado esse impeachment (da presidente Dilma Rousseff) e piorou a situação econômica do País", disse Lindbergh.

Pesquisa Ipsos divulgada pelo jornal O Estado de S. Paulo mostra o apresentador com uma melhora significativa de imagem nos últimos dois meses. A aprovação ao nome de Huck registrou salto de 17 pontos porcentuais desde setembro, passando de 43% para 60%. Já a desaprovação caiu de 40% para 32% no mesmo período.

Huck tem conversado com o PPS sobre uma possível filiação tendo em vista a disputa eleitoral do ano que vem.

"Acho que é forçar a barrar dizer que a aprovação de Huck dispara. Quando você vai ver, entender a pesquisa, é a aprovação em relação a atuação dele como apresentador de TV. Isso mostra o desespero. Depois de tudo isso que aconteceu no País, quem parece melhor entre os políticos é o Lula, com a menor rejeição entre os políticos", disse Lindbergh.

Artistas

O senador Cristovam Buarque (PPS-DF), que também tem a intenção de se candidatar à Presidência e defende prévias no partido caso Huck venha a se filiar, também minimizou o resultado do levantamento. "Se colocarmos os nomes do Faustão, Fernanda Montenegro, atores de novela, acho que também teriam aprovação desse tipo. É um nome. Candidato tem que vir carregado de uma proposta, de um passado na política", afirmou o senador. "Fica difícil responder sobre o nome do Huck porque não sei qual é a proposta dele para o Brasil."

Para o senador Magno Malta (Podemos-ES), cotado para ser vice de Jair Bolsonaro (PSC-RJ) em uma eventual chapa presidencial, Huck precisa colocar o seu nome na disputa para passar pelo escrutínio público."Ele é conhecido, já fez televisão. Mas quem tem interesse, tem que colocar o seu nome", afirmou. "É como numa corrida, não vence quem sai na frente, se vence no final, nos últimos 3 quilômetros."

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação
Comercial

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Diretor de Projetos Especiais
Marcelo Barros